CLP – Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Noroeste Paulista
Mobilizar

Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Noroeste Paulista

Agrupamento de Municípios com características sociais e econômicas semelhantes com o interesse de abordar soluções em grupo, trabalhar em rede e trocar experiências

ícone clp cinza
Desenvolvimento da Educação do Noroeste de São Paulo

Colaboração entre municípios para superar os desafios de levar uma Educação de qualidade para a sociedade

Arranjos regionais de educação constituem um modelo de parceria envolvendo gestores públicos, sociedade civil, empresas e ONGs, no intuito de implantar e estimular políticas públicas efetivas nessa área para o desenvolvimento de uma região.

O Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Noroeste do Estado de São Paulo visa promover o desenvolvimento educacional, no âmbito do crescimento sustentável do território que é composto atualmente por 48 municípios do Noroeste Paulista.

Lançado em 2009, o Arranjo tem como eixo estruturante o PAR (Plano de Ações Articuladas), ferramenta gerencial criada pelo Ministério da Educação, que, por meio de análise do quadro educacional do município, indica as medidas prioritárias e os respectivos planos de ação para realizá-las. Os municípios pertencentes ao Arranjo do Noroeste Paulista definem as prioridades a serem enfrentadas a curto e médio prazos e, entre os seus diferenciais, destacam-se a cooperação entre os municípios, a troca de experiências entre eles e a superação do discurso da impossibilidade.

Recentemente essa forma de organização do trabalho dos municípios está relatada no Parecer CNE/CEB Nº 9/2011, que trata da análise de proposta de fortalecimento e implementação do regime de colaboração mediante arranjos de desenvolvimento da educação e recebeu homologação do Ministro da Educação.

Logo Arranjo
Histórico de criação

Entenda melhor como o ADE Noroeste Paulista foi desenvolvido

Missão Arranjo

Atuação do CLP

O primeiro passo para a implantação do Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE) na região Noroeste de São Paulo foi dado a partir de uma reunião, realizada em agosto de 2009, na sede do movimento Todos Pela Educação, com o prefeito de Votuporanga, Nasser Marão Filho, e lideranças do município.

Nesse encontro ficou claro que o ADE poderia ser um importante caminho para estabelecer mecanismos efetivos de colaboração envolvendo municípios dessa região do estado, o que levou o prefeito, com o apoio do Centro de Liderança Pública (CLP) e do próprio movimento Todos Pela Educação, a reunir prefeitos de dezessete municípios para que tomassem conhecimento do empreendimento, visando fortalecer o Regime de Colaboração local na área educacional.

O passo seguinte foi dado em outubro de 2009, em reunião realizada no Centro Universitário de Votuporanga, quando gestores municipais da Educação e suas respectivas equipes técnicas realizaram uma oficina para elaborar, com base no Plano de Ações Articuladas (PAR), um mapa estratégico integrado da região com os indicadores educacionais prioritários. Essa metodologia permitiu identificar as dificuldades comuns aos municípios, a fim de promover o desenvolvimento da qualidade na Educação da região.

Ficou claro também, naquele momento, que isso só seria possível a partir de um trabalho coletivo organizado em rede e no âmbito do território em questão, pois isso permitiria ampliar o conhecimento do sistema e dos benefícios do PAR, fortalecer o Regime de Colaboração entre municípios e com os outros dois entes federados, bem como facilitar a troca de experiências educacionais e otimizar recursos públicos com foco em melhores resultados para todos.

Participaram dessa primeira etapa de instalação do ADE Noroeste Paulista dezessete municípios (Álvares Florence, Américo de Campos, Cardoso, Cosmorama, Fernandópolis, Floreal, Magda Meridiano, Mira Estrela, Monções, Nhandeara, Parisi, Pontes Gestal, Riolândia, Santa Fé do Sul, Valentim Gentil e Votuporanga), ADE Votuporanga e Região.

48 Municípios paulistas atuando em conjunto

Colaboração intermunicipal para desenvolver a educação em território regional

O ADE Noroeste Paulista é constituído por 48 Municípios do Noroeste do Estado de São Paulo, representados por Secretários, Diretores ou Coordenadores da Educação Municipal e respectivos técnicos. Sediado em Votuporanga, o arranjo possui as seguintes finalidades:

- aglutinar esforços permanentes de pensar e realizar a Educação no âmbito do território regional;

- constituir-se como um espaço de articulação social de entidades governamentais e não governamentais, públicas ou privadas e sem fins lucrativos, com vistas à criação de rede de mobilização e articulação em prol da Educação, - fortalecer e ampliar a oferta e o desenvolvimento da educação pública e gratuita de excelência para todos, no âmbito dos municípios do Noroeste Paulista; - auxiliar a elaboração, acompanhamento e execução do PAR;

- contribuir para a solução de problemas coletivos inerentes à Educação, no âmbito dos municípios integrantes do ADE Noroeste Paulista, promovendo a articulação entre as instituições;

- organizar reuniões de estudos, fóruns, seminários, congressos, cursos e outros eventos visando a formação contínua de gestores municipais, gestores da educação municipal, gestores das escolas públicas municipais, de professores e profissionais da educação, bem como proporcionar oportunidades para o aprofundamento de temas educacionais de interesse dos membros da ADE;

- estimular a cooperação e o regime de colaboração horizontal entre os municípios integrantes do ADENESP e vertical entre os entes federados, na oferta da Educação Pública;

- subsidiar a elaboração das políticas públicas municipais de Educação no âmbito do território regional.

Confira a lista dos municípios que integram o ADE Noroeste Paulista:

Álvares Florence, Américo de Campos, Aspásia, Cardoso, Cosmorama, Dirce Reis, Dolcinópolis, Fernandópolis, Floreal, Gastão Vidigal, General Salgado, Indiaporã, Jales, Macedônia, Magda, Marinópolis, Meridiano, Mesópolis, Mira Estrela, Monções, Nhandeara , Nova Canaã Paulista, Nova Castilho, Nova Luzitânia, Olímpia, Ouroeste, Parisi, Pedranópolis, Pontalinda, Pontes Gestal, Populina, Riolândia, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste, Santa Fé do Sul , Santa Rita D’Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, São João do Iracema, Sebastianópolis do Sul, Três Fronteiras, Tanabi, Turiuba, Urânia, Vitória Brasil, Votuporanga.

Mapa lista
Depoimentos

Confira alguns depoimentos de pessoas que participam do Arranjo Local

destaques
CLP e ELLIF concluem 3ª turma do projeto "Direito & Desenvolvimento"

CLP e ELLIF concluem 3ª turma do projeto "Direito & Desenvolvimento"

Já são mais de 100 pessoas impactadas pelo projeto em menos de 10 meses de projeto.

Os municípios precisam trabalhar iniciativas de governo aberto

Os municípios precisam trabalhar iniciativas de governo aberto

A evolução da pauta de Governo Aberto no Brasil.

Centro de Liderança Pública leva prêmio das 100 melhores ONGs no Brasil para se...

Centro de Liderança Pública leva prêmio das 100 melhores ONGs no Brasil para se...

O Prêmio Melhores ONGs é uma iniciativa do Instituto Doar e da Revista Época que reúne 1.500 organizações postulantes em um universo de 300.000 ONGs...

outros projetos