CLP – Governo federal sanciona Refis e dar nova oportunidade para os municípios
Notícias

Governo federal sanciona Refis e dar nova oportunidade para os municípios

05/10/2017 - Fonte: Estadão

 

Na terça-feira (03/10), o governo federal sancionou a Lei 13.485/2017 que institui o Refis Previdenciário -  parcelamento das despesas de contribuição previdenciária dos Estados, Distrito Federal e municípios com a Fazenda Nacional.

A lei permitiu uma nova chance aos entes federativos para a adesão ao programa de parcelamento das dívidas com o INSS - o primeiro acordo havia sido encerrado em 31 de agosto, no qual apenas 1.873 municípios e 9 estados fizeram a solicitação. A expectativa era de que houvesse pelo menos 3 mil optantes entre os 4,5 mil municípios e estados devedores, segundo dados da Receita Federal. Além disso, a promulgação eleva o valor de descontos nas multas de 25% para 40%.

O não pagamento da dívida pode gerar bloqueio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que em muitos casos é a principal fonte de recursos da administração local, e resultar em responsabilização dos prefeitos e demais gestores.

O Fisco ainda não divulgou um balanço oficial do valor arrecadado com o Refis previdenciário. A projeção era obter R$ 2,2 bilhões em 2017 a partir do pagamento da entrada, equivalente a 2,4% da dívida integral (os descontos só incidem a partir do ano que vem).

Saiba mais.


 

destaques
Confira o desempenho do seu estado no Ranking de Competitividade dos Estados...

Confira o desempenho do seu estado no Ranking de Competitividade dos Estados...

Confira os resultados do Ranking de Competitividade dos Estados 2018

Lançamento do Ranking de Competitividade dos Estados 2018

Lançamento do Ranking de Competitividade dos Estados 2018

Inscreva-se e assista à transmissão online da apresentação dos dados e da posição dos estados.

Confira o desempenho do seu estado no Ranking de Competitividade dos Estados...

Confira o desempenho do seu estado no Ranking de Competitividade dos Estados...

Os estados são avaliados sob a ótica de 10 pilares a partir do agrupamento de 68 indicadores.