CLP – Índice de Oportunidades da Educação Brasileira - IOEB
Mobilizar

Índice de Oportunidades da Educação Brasileira - IOEB

O IOEB - Índice de Oportunidades da Educação Brasileira é um índice único para cada local (município, estado ou Distrito Federal), que engloba toda a educação básica - da educação infantil ao ensino médio, de todas as redes existentes no local -, bem como todos os moradores locais em idade escolar, e não apenas os que estão efetivamente na escola.

O IOEB é formado a partir da relação de um conjunto de fatores e seus respectivos pesos. Esses fatores estão divididos em dois grupos: insumos educacionais, ou seja, fatores essenciais para um bom resultado educacional e resultados educacionais, sejam eles de atendimento, de aprendizado ou de aproveitamento escolar.

Realização

CLP
Metas

Parceiros

Instituto Península
Fundação Roberto Marinho
Fundação Lemann
Visite a plataforma

O CLP elaborou uma plataforma com os resultados do IOEB, nela você pode explorar os resultados da sua cidade e estado e também as notas individuais em cada um dos fatores que compõem o índice. A plataforma também a possibilidade de criar comparações entre municípios, capitais e estados.

 

www.ioeb.org.br

 

Ferramenta para pautar a ação de líderes

O IOEB é uma ferramenta que busca apoiar a atuação de líderes em prol da educação brasileira. Queremos estimular os gestores a promoverem transformações que deixem um legado em todo o ecossistema da educação.

A menor unidade de análise do IOEB é o município (o índice por UF é uma agregação do IOEB municipal). Isso quer dizer que ele calcula, de forma conjunta, como está o comportamento de todas as redes de educação do município (estadual, municipal e privada).

Por isso, o IOEB é também uma ferramenta para incentivar e cobrar que os gestores da educação trabalhem em conjunto pela melhoria da qualidade da educação dos municípios e estados, uma vez que a atuação em regime colaborativo é pouco utilizada pelos gestores da educação no Brasil.

 

IOEB 2015
Sobral Alunos
Oportunidades para crianças e adolescentes

O índice identifica quanto cada cidade ou estado contribui para o sucesso educacional dos indivíduos que lá vivem. O IOEB oferece os dados sobre a qualidade do ecossistema da educação para crianças e jovens de uma determinada localidade. A pergunta a que o IOEB se propõe a responder é: qual município e estado oferecem as melhores oportunidades de educação para crianças e adolescentes?

O IOEB inclui as crianças e adolescentes em idade escolar que deveriam estar na escola e não estão - responsabilizando, de forma inédita, municípios e estados por todas as crianças e adolescentes que vivem naquela localidade e não estão na escola.

Rankings do IOEB
  • 1º - São Paulo
  • 2º - Minas Gerais
  • 3º - Santa Catarina
  • 4º - Paraná
  • 5º - Ceará
  • 6º - Distrito Federal
  • 7º - Espírito Santo
  • 8º - Goiás
  • 9º - Rio Grande do Sul
  • 10º - Mato Grosso
  • 11º - Rondonia
  • 12º - Mato Grosso do Sul
  • 13º - Tocantis
  • 14º - Acre
  • 15º - Rio de Janeiro
  • 16º - Paraíba
  • 17º - Pernambuco
  • 18º - Amazonas
  • 19º - Roraima
  • 20º - Piauí
  • 21º - Rio Grande do Norte
  • 22º - Sergipe
  • 23º - Alagoas
  • 24º - Amapá
  • 25º - Bahia
  • 26º - Maranhão
  • 27º - Pará
  • 1º - Sobral-CE
  • 2º - Groaíras-CE
  • 3º - Porteiras-CE
  • 4º - Centenário-RS
  • 5º - Novo Horizonte-SP
  • 6º - Bom Sucesso do Sul-PR
  • 7º - São Domingos das Dores-MG
  • 8º - Paranapuá-SP
  • 9º - Monte Castelo-SP
  • 10º - Brejo Santo-CE
  • 11º - Picada Café-RS
  • 12º - Dom Silvério-MG
  • 13º - Antônio Carlos-SC
  • 14º - Birigui-SP
  • 15º - Fartura-SP
  • 16º - Atibaia-SP
  • 17º - Cajobi-SP
  • 18º - Senhora dos Remédios-MG
  • 19º - Araponga-MG
  • 20º - Junqueirópolis-SP
  • 21º - Santa Rosa da Serra-MG
  • 22º - Jundiaí-SP
  • 23º - Vidal Ramos-SC
  • 24º - Tupi Paulista-SP
  • 25º - Areado-MG
  • 1º - São Paulo
  • 2º - Curitiba
  • 3º - Belo Horizonte
  • 4º - Palmas
  • 5º - Goiânia
  • 6º - Florianópolis
  • 7º - Rio Branco
  • 8º - Brasília
  • 9º - Campo Grande
  • 10º - Cuiabá
  • 11º - Rio de Janeiro
  • 12º - Vitória
  • 13º - Boa Vista
  • 14º - Teresina
  • 15º - Fortaleza
  • 16º - Manaus
  • 17º - Recife
  • 18º - Porto Alegre
  • 19º - João Pessoa
  • 20º - São Luís
  • 21º - Porto Velho
  • 22º - Aracaju
  • 23º - Natal
  • 24º - Maceió
  • 25º - Macapá
  • 26º - Salvador
  • 27º - Belém
Sobre o IOEB

Assinado pelos mesmos autores do Ideb - Reynaldo Fernandes, ex-presidente do INEP, e Fabiana de Felicio, ex-Diretora de Estudos Educacionais do INEP - o IOEB aperfeiçoa o sistema de controle social da educação.

O índice identifica quanto cada cidade ou estado contribui para o sucesso educacional dos indivíduos que lá vivem. O IOEB oferece os dados sobre a qualidade do ecossistema da educação para crianças e jovens de uma determinada localidade.

destaques
As 500 melhores cidades brasileiras em Educação

As 500 melhores cidades brasileiras em Educação

Algumas cidades brasileiras ganham destaque por seu desempenho acima da média nacional em oportunidades na área

CLP lança o IOEB: um novo indicador sobre as oportunidades da educação...

CLP lança o IOEB: um novo indicador sobre as oportunidades da educação...

Índice revela que Sobral, Groaíras e Porteiras, no Ceará, são os 3 municípios brasileiros que oferecem as melhores oportunidades de educação

O índice identifica quanto cada cidade ou estado contribui para o sucesso educacional dos indivíduos que lá vivem

Baixe o ranking completo

descrição

Faça o download da planilha com o ranking completo, mostrando todos seus indicadores de forma interativa as notas e alterações ranking desse ano.

  •   
outros projetos